Sonhos de Menina 1.6: Ouça a sua voz

Ouça a sua voz

Imagine um dia normal onde de repente  você começa a ouvir vozes. Calma. Não é para ficar com medo:este não é um post de terror e não vamos falar de fantasmas de "casa mal assombrada" por aqui.

A história é a seguinte: você está ouvindo a voz, sabe-se lá por qual motivo - e duvido que o simples fato de fazer uma atividade normal do dia-a-dia tenha desencadeado isso - mas ela vai ficando cada vez mais alta em sua cabeça. Aumentando.

Que louco, que magia.

De uma hora para a outra, só aumenta, e o coração vai ficando maior.  Comece a sentir aquele entusiasmo esquecido há um tempão e aquela ansiedade típica de quem espera muito por algo bom, que vem sem planejamento.

Sinta a vontade de dançar, ora, dance. Pode ser em frente ao espelho, se despreocupe, como quem recebe uma notícia maravilhosa- mesmo que ninguém tenha falado com você, e, bom, pensando por este lado, você está ouvindo.

Pare em frente a esse espelho e repare o que vê, antes você se preocupava com a oleosidade que insiste em ficar na pele,  com o cabelo que está de mal humor e com o tamanho da testa. Desta vez, essas coisas podem ficar pequenas. Você já se deu conta de sua real beleza! Se dê um abraço e se desculpe por todas as coisas ruins que já imaginou a cerca de cada parte de seu corpo (e também da alma).

Se sinta importante. Não daquela forma, como quem é lembrado e recebe uma mensagem com expressões de carinho no meio do dia- você não precisa desse tipo de coisa para reconhecer o próprio valor. Porque, à final, você tem um tanto de coisa linda internamente e por fora!

As vozes continuam, transbordando. Quanto mais se ouve, mais te enchem de boas coisas.

Elas dizem que você está no caminho certo - mesmo que antes você nem soubesse qual era esse caminho. Elas dizem que você tem motivos de sobra para se vestir com um sorriso - mesmo que as coisas não  tão legais tenha acontecido nos últimos dias. Elas falavam, sobretudo, palavras que te fortificam e dão coragem. Mesmo você sendo do tipo que não junta força nem para espantar a barata lá da sala...

Mas agora isso importa? Claro que não! Parece uma louca, mas você ri, bastante...Essas vozes são melhores que conselhos de amigos próximos, são mais eficazes do que tudo que você já leu e também é mais importante do que tudo o que você já tentou fazer para se convencer dessa verdade.

A diferença é que, finalmente, você repara que é real. Engraçado, né? Basta as vozes falar e falar em sua cabeça. Dizendo tudo o que você precisa ouvir.

Sopros? Invenção? Uma palestra de motivação saindo do rádio no canto? Um telefone esquecido em ligação?

Não!

As vozes são suas.

E desta vez você fala bem alto - para ficar sempre gravado na memória o efeito que sua opinião e a vontade de ver as coisas dá certo pode ter sobre você mesmo. Porque tem!

O dia seguinte será incrivelmente normal - aparentemente nada de novidade. Mas será muito mais especial do que os anteriores. Acredite.



Nenhum comentário:

Postar um comentário