Sonhos de Menina 1.6: O MELHOR EXERCÍCIO QUE FIZ PARA DEFINIR MEU CORPO

O MELHOR EXERCÍCIO QUE FIZ PARA DEFINIR MEU CORPO




Nunca fui gorda, sempre fui magra. Durante toda a minha adolescência eu estive dentre as que não tem corpo de mulher aflorado, e isso sempre acarretou insegurança só de pensar em usar um biquíni na frente dos amigos.Me trazia tantos prejuízos emocionais. Eu não conseguia ser feliz e aproveitar. Meu corpo era sim bonito, mas eu não conseguia ver isso de dentro dele. Esse post será uma forma de motivar vocês a viver coisas que eu me privei.

Bem, vamos lá, seu corpo nunca vai ser igual ao das suas amigas - e nem de qualquer outra pessoa. Isso não quer dizer que ele é inferior ou que precisa se esconder quando alguém de "corpão" estiver com você. As pessoas que valem a pena se importar não estarão reparando o seu corpo, e não irão te comparar com outros (as que olham, não tem uma maturidade relevante para que você gaste o seu tempo se preocupando com elas). Por mais louco que pareça, isso é mais coisa da sua imaginação do que as pessoas realmente olham. Vai para piscina! Coloque um biquíni que você gosta. Aceita logo e vai fazer histórias para serem contadas.

E se quiser conta-las para mim, o meu e-mail é aquele: sonhosdemenina016@gmail.com

Tá, é verdade que quando você tem um corpo longilíneo e usa qualquer roupa, as pessoas dizem que tudo te cai bem. A gente não acredita. Mas deixa eu te dizer: "cair bem" é vestir algo que te deixa feliz e confortável. E aquelas matérias de moda com looks "irreais" para você, serão sempre um monte de pessoas tentando te encaixar em algo. Você pode ser feliz sem ouvi-las.

Não sei se você come pouco, mas acho que é importante falar sobre isso também. Por muito tempo, para  mim, comer muito não fazia tanta diferença no peso - as vezes comia até sem fome. Eu comia por ansiedade, comia quando estava feliz e triste. Não era para alimentar meu corpo, era para aumenta-lo. Com o crescimento mental eu percebi: o problema não estavam nas minhas medidas, mas na forma como eu me via.

Eu não fiquei em paz comigo só porque eu engordei um pouco (e cheguei a 65 kg que eu nunca tinha alcançado), mas porque já tinha ficado de boa comigo mesma. Acabei com a auto-mutilação psicológica. Não mais idealizar um corpo pela manhã e passar todo o dia pensando nele, imaginando o quanto eu seria mais feliz se morasse nele.

Que tal conversar com médicos para entender o real funcionamento do seu corpo!? Vai ser melhor do que ficar inventando coisas. Não é porque é magra que as coisas saudáveis podem ficar de fora. Mude a rotina alimentar se precisar (isso fez toda a diferença para mim). Faça coisas que te traga sorriso e que não esteja necessariamente relacionadas com o seu corpo. E isso não inclui séries na Netflix, porque elas só te fazem invejar o corpo da protagonista. Sério!

E movimente seus músculos sem se preocupar com as calorias que está ficando ou perdendo: que tal pular corda, aula de luta, dançar ao som de Gaga, longas caminhadas pensando em você mesma, um timing para relaxar.

Vale até transformar suas redes sociais em um lugar para se aceitar. Siga pessoas desencanadas, tanto com o corpo, rosto... É fácil ser bonito nas fotos, mas a beleza inspiradora mora dentro do corpo, não é ele. Procure por pessoas com essa beleza. Tanto no virtual e real. Quando tudo tá mal, ver outras pessoas que passam por situações parecidas nos fortalece, quando vemos elas felizes significa que também conseguimos. De alguma forma se motive a ficar bem.

Agora, não menos importante: sabemos que ser magra (infelizmente ou felizmente) não garante a felicidade de ninguém. Não espere para ficar bem apenas se tiver seu corpo ideal. Esqueça os números, as curvas e o babaca da escola. Concentre-se em você, e em todas as suas experiências que te fazem única. As piadas, ou  a falta delas que só você sabe fazer, sua empolgação em aprender algo novo, como você sabe abraçar ou talvez como você está sempre pronta para ajudar. Perfeito. Agora seja sua melhor amiga. Então não pense algo que não diria a outra pessoa.Vamos fala juntas! Por favor! Eu sou MUITO BONITA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário